Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021 Sinduscon MG
ÁREA DO ASSOCIADO | Sair
29/01/2014

Setor da Construção começa 2014 com cautela

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) registrou 49,3 pontos neste primeiro mês do ano. Acima de 50 pontos o indicador aponta confiança.

Na pesquisa, os empresários mineiros apontaram maior descontentamento com as condições atuais de negócio, cujo indicador geral registrou de 42,3 pontos. Pesou para esse número a insatisfação com as condições de negócio no País (38,0 pontos), no Estado (39,6 pontos) e na própria empresa (44,0 pontos).

Já as expectativas para os próximos seis meses são otimistas, com 52,8 pontos. O índice positivo foi puxado pelas perspectivas em relação à própria empresa, que apurou 55,7 pontos. Entretanto, as projeções quanto à economia brasileira e mineira estão abaixo da linha dos 50 pontos, com 46,4 pontos e 47,7 pontos, respectivamente.

Para o economista e coordenador sindical do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Daniel Furletti, o ritmo menor de crescimento do País refletiu na percepção dos empresários.   

Resultados trimestrais

No quarto trimestre de 2013, os empresários mostraram insatisfação quanto às condições financeiras das empresas, cujos indicadores não ultrapassaram a linha dos 50 pontos. A avaliação da situação financeira da empresa registrou 46,7 pontos, enquanto o índice referente ao acesso ao crédito apurou 46 pontos e o da margem de lucro ficou em 44,2 pontos.

Dentre os principais problemas enfrentados na Construção Civil em Minas Gerais, 48,6% dos empresários destacaram a falta de mão de obra qualificada, o peso da carga tributária foi mencionado por 40% dos pesquisados e a taxa de juros elevada foi citada por 28,6% dos entrevistados.

A pesquisa

A Sondagem da Construção de Minas e o Índice de Confiança do Empresário Industrial da Construção de Minas são elaborados pela Gerência de Estudos Econômicos da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) em conjunto com a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e tem como parceiro o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG). Os dados foram coletados entre os dias 2 e 16 de janeiro junto a 38 empresas mineiras.

Caso seja associado ao Sinduscon-MG, clique aqui e tenha acesso à integra da pesquisa

Assessoria de Comunicação do Sinduscon-MG

Jornalistas: Néllie Branco e Bruno Carvalho
Contatos: (31) 3253-2681 e (31) 3253-2684