Quinta-feira, 16 de Setembro de 2021 Sinduscon MG
ÁREA DO ASSOCIADO | Sair
25/05/2014

O crescimento do País na pauta da Construção

Autor: Jorge Luiz Oliveira de Almeida

Diante da atual conjuntura macroeconômica brasileira, de nossas potencialidades e das oportunidades que o País está perdendo de se desenvolver ainda mais, a 86ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção adotou um tema que explicita os anseios não somente dos agentes do setor, mas de toda a sociedade brasileira: “Cresce, Brasil!”.

O maior evento da Construção na América Latina reuniu empresários, gestores, profissionais e especialistas, além de autoridades, para debater soluções inerentes ao setor. Contudo, as discussões acerca de habitação, infraestrutura, saneamento, construção sustentável, inovações tecnológicas, produtividade, competitividade e capacitação de profissionais são pautas fundamentais de uma agenda multissetorial de desenvolvimento para todo o País.

Por isso, o encontro, que aconteceu entre os dias 21 e 23 de maio, ganha ainda mais relevância neste momento em que o Brasil procura meios para retomar a curva ascendente de crescimento. Cabe lembrar que, historicamente, os ciclos com maiores taxas de elevação do Produto Interno Bruto (PIB) estiveram atrelados a um sólido desempenho da Indústria da Construção.

Assim, reafirmando o compromisso com seus associados, com a sociedade mineira e com o progresso do País, o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) assumiu papel de destaque dentro das discussões do Enic 2014.

No Fórum Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços, o presidente do Sinduscon-MG, Luiz Fernando Pires, com o apoio da Diretoria de Obras Públicas do Sindicato, conduziu os trabalhos sobre eficácia na gestão e aspectos específicos do segmento de montagem industrial. O encontro teve a participação de representantes de Sinduscons de sete Estados.

Nas reuniões do Banco de Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), coordenado pelo Sinduscon-MG, foi apresentado o projeto do novo sistema on line de cálculo e divulgação do Custo Unitário Básico (CUBm2). O objetivo é dinamizar ainda mais o atual sistema, que já é utilizado por mais de 20 Sinduscons no País.

Dentro das reuniões do Banco de Dados também foram ministradas as palestras: Aspectos Econômicos e Financeiros dos Empreendimentos Imobiliários; Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC); Sondagem da Indústria da Construção; e Ferramenta para Obtenção de Informações do Mercado Imobiliário.

Na parte técnica, durante o Enic 2014 também houve o lançamento de duas publicações que tiveram a participação do Sinduscon-MG em sua elaboração. Uma é o Manual Nacional de Garantias, trabalho inédito que pretende uniformizar a linguagem dos manuais, principalmente dos prazos de garantias e informações acerca do uso, operação e manutenção dos edifícios.

A outra é cartilha Principais Normas Técnicas, uma realização do Sinduscon-MG com o apoio da CBIC, que lista as normas da ABNT relacionadas à atividade de construção de edifícios. Em sua terceira edição, a publicação traz a atualização do conteúdo e incorpora as novas normas de reforma e cabeamento estruturado.

A programação do evento contemplou ainda a entrega do Prêmio CBIC de Responsabilidade Social para as boas iniciativas no setor, por categoria Empresa, Destaque Social e Trabalhador Modelo. O 86º Enic foi realizado em Goiânia pelo Sinduscon-GO e Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (Ademi-GO).


Jorge Luiz Oliveira de Almeida é vice-presidente de Comunicação Social do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG).

Publicado em 25/05/2014 no jornal Estado de Minas - BH (Lugar Certo)